Prática

Notícias

PRÁTICA

Já ouviu falar em menu degustação? Saiba como oferecer no restaurante

Quer conquistar novos clientes, mas não sabe por onde começar? Hoje em dia, usar o menu degustação talvez seja a melhor saída. Muito utilizado em restaurantes sofisticados, esse recurso serve para que o estabelecimento consiga mostrar ao público o que há de melhor em seu cardápio.

Ao adquiri-lo, o consumidor consegue experimentar diversos pratos em uma só refeição — todos em porções modestas. Além disso, a opção é excelente para quem deseja promover experiências diferenciadas e, com isso, encantar a clientela. 

No entanto, antes de abraçar a ideia, é necessário tomar algumas precauções e saber o que deve ou não ser implantado nessa nova ação. Hoje, queremos apresentar melhor essa tendência. Você vai descobrir em detalhes o que é o menu degustação, seus benefícios e como colocá-lo em prática com eficiência!

As entradas devem estar na frente

Para iniciar o seu menu degustação, certamente, as opções de entrada não podem ficar de fora. Até porque esse prato é o responsável por causar a primeira boa impressão ao consumidor. Portanto, capriche! 

O ideal é que as suas receitas apresentem aos clientes alguns dos principais sabores de seu restaurante, mas de modo delicado e sutil. Esse cuidado é essencial para não comprometer o apetite e atrapalhar a prova dos demais pratos. 

Aqui, podemos dizer que existem várias alternativas interessantes para serem servidas. Obviamente, tudo dependerá das características e da proposta gastronômica do seu negócio. De modo geral, podemos destacar as seguintes: 

  • tábua de frios;
  • carpaccios; 
  • saladas; 
  • sopas;
  • cogumelos grelhados e recheados; 
  • bruschettas; 
  • legumes ao molho de ervas. 

Siga para o prato principal

Após pensar nas entradas, o seu menu degustação deverá contar com excelentes alternativas de prato principal. Afinal, eles são as grandes estrelas do seu cardápio! 

Nesse momento, é válido pensar em receitas mais refinadas, com combinações diferentes, boa apresentação e, claro, jamais esquecer de utilizar ingredientes de altíssima qualidade. 

Normalmente, os chefs escolhem para essa categoria pratos compostos por frutos do mar, carnes nobres, aves ou massas artesanais, devidamente acompanhados com molhos marcantes.

Lembre-se: diferentemente dos outros modelos de cardápio, aqui é necessário que as porções não sejam servidas com exagero. No entanto, isso não significa que o prato deva ser apresentado com uma quantidade ínfima de comida. Use seu bom senso. 

O ideal é prezar pelo equilíbrio para garantir que o consumidor fique plenamente satisfeito e, ao mesmo tempo, consiga provar todos os sabores que você tem a oferecer. 

Nessa etapa, a recomendação é não “pesar” no uso dos carboidratos, especialmente, em se tratando das receitas com grande porcentagem de trigo. Isso porque tal ingrediente é responsável por saciar seu cliente com mais rapidez, impedindo que ele consiga explorar os itens restantes do seu menu.

Vá além

Está com dificuldades para escolher as melhores receitas? Também é possível criar um menu com temática regional, proporcionando uma experiência única, completa e com elementos que apenas a culinária de uma região específica pode oferecer. Um verdadeiro tour gastronômico dentro do seu estabelecimento!

Não se esqueça da sobremesa

É claro que a sobremesa não pode ficar fora dessa experiência. Da mesma maneira que acontece com as entradas, os doces oferecidos devem causar uma excelente impressão, fechando a degustação em grande estilo. 

Em muitos estabelecimentos, o cardápio das sobremesas é bem diversificado, contando com gelatos, pratos quentes e outros que mesclam variadas texturas. 

Se for possível, uma boa recomendação é criar uma releitura de alguma sobremesa tradicional, garantindo que o seu “toque de chef” seja inesquecível. 

Entre as opções mais afeitas às mudanças, listamos as seguintes:

  • pavê; 
  • sorvete; 
  • crème brûlée;
  • bomba;
  • cheesecake;
  • pudim.

Alguns especialistas preferem investir em preparos mais leves e delicados, permitindo que o cliente deixe o restaurante com uma incrível sensação de bem-estar. 

Outra possibilidade é criar alternativas conforme as estações do ano: no verão, versões refrescantes; no inverno, massas e cremes quentes, capazes de envolver. O segredo é colocar a criatividade para trabalhar!

Ofereça um cardápio virtual 

Como é de se esperar, o menu degustação também precisa ser apresentado ao público por meio de um belo cardápio. Nesse material, é imprescindível adicionar o nome de cada prato, a sua devida descrição, além de boas — e fiéis — imagens ilustrativas. 

Hoje em dia, e para se colocar à frente da concorrência, os estabelecimentos mais modernos estão apostando no uso do menu digital. Isso significa que o conteúdo estará disponível na internet, com link de acesso em suas redes sociais, site institucional e no WhatsApp. 

Tal recurso também pode ser aproveitado em ações de e-mail marketing, com a intenção de aumentar a fidelização e aprimorar o relacionamento com o consumidor. 

Um pouco de informação nunca é demais

Na criação do material, você pode deixar a imaginação falar mais alto. É possível, por exemplo, incluir informações divertidas, que contem a história de seu negócio. Ou então, é válido incluir curiosidades sobre o modo de preparo dos pratos principais e a forma como os melhores ingredientes são selecionados. Quanto mais exclusividade for transmitida, melhor!

As vantagens do menu degustação para clientes e empresários

Não é por acaso que o menu degustação vem sendo usado como uma excelente estratégia para atrair o público. 

Ao abraçar essa tendência, clientes e empresários conseguem aproveitar diferentes pontos positivos. Contamos a você quais são eles.

Para proprietários de restaurantes

  • será possível oferecer, com regularidade, novas alternativas de pratos, com base nas mudanças sazonais, sem a necessidade de realizar a reestruturação de todo o cardápio;
  • é uma opção simples para apresentar as suas melhores receitas e ingredientes, que não podem ser provados de uma só vez quando o cliente opta pelo modelo à la carte; 
  • a solução é ideal para estimular o retorno constante do cliente, já que ele sempre estará na expectativa de degustar novas versões do seu menu;
  • o chef conseguirá mostrar o seu talento e suas criações com mais facilidade.

Para o público

  • em uma só visita, o consumidor conseguirá conhecer os pratos de destaque de um restaurante;
  • muitas vezes, a opção é mais econômica em comparação ao modelo à la carte; 
  • é uma experiência diferenciada, excelente para quem deseja um programa inusitado e prazeroso.

Bônus

Ainda dentro dessa categoria, existe a possibilidade de investir na degustação online — basta disponibilizar o seu menu degustação em aplicativos de delivery e demais plataformas utilizadas para fazer entregas ao público.

Gostou de conhecer o menu degustação e os seus diferenciais para um negócio? Caso tenha alguma dúvida sobre o assunto, aproveite para deixar seu comentário abaixo. Teremos muito prazer em te responder!